coupon code for myntra

flipkart voucher code

abof.com coupon

globalnin.com

ASPROESTE EM AÇÃO XV

 em Manchetes, Notícias

Sexta passada, dia 25, houve uma solenidade no Palácio do Planalto, em que o presidente da República formalizou a transferência de parte das terras do Lago Oeste, da União para o GDF. E terça, dia 29, outra solenidade no Palácio do Buriti, quando o governador Ibaneis assinou o decreto que regulamenta a Política de Regularização de Terras Públicas Rurais do Distrito Federal. São decisões firmadas sem que ocupantes de muitas das áreas transferidas tivessem conhecimento, antes das solenidades, ou pudessem exercer o direito de discutir o que foi negociado intramuros, entre União e GDF.

Mas, elas têm tudo a ver com as preocupações atuais da comunidade rural do Lago Oeste, todos aqueles que são pequenos produtores rurais, produtores orgânicos, criadores de equinos, aves, abelhas… Porque a transferência pode significar a transformação do Lago Oeste em uma área urbana, tipo Setor de Mansões Park Way ou Vicente Pires… E a regulamentação não é enfática na proibição de urbanizar áreas atualmente classificadas como rurais pelo PDOT de 2009, que está em processo de revisão.

Com a 1ª solenidade, está confirmada que parte do Lago Oeste, entre as Ruas 00 e 11, será transferida para a gestão do GDF/Terracap. E a gente sabe que a Terracap é uma imobiliária… E que uma área urbana é muito mais lucrativa que uma área rural… Com a 2ª fica evidente a pressa dos atuais governantes em mudar os parâmetros legais de regularização fundiária no DF.

Porque tanta pressa? Vamos ficar quietos e deixar que a especulação tome conta do Lago Oeste, algo que, aliás, já começou: só dia 1° de abril havia vários anúncios oferecendo lotes e áreas em condomínios nas redes sociais. A Asproeste, junto com ocupantes e moradores, seus associados ou não, está mobilizada contra isto. Pelos grupos sociais, a comunidade tem se manifestado, dado sugestões e tomado iniciativas em defesa de um Lago Oeste, que é rural e quer continuar sendo rural. A Asproeste aplaude e agradece tal mobilização.

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text.

Start typing and press Enter to search